O Que é a Criolipólise?

Crio-642x335

A criolipólise é um tratamento médico, destinado a combater o excesso de peso e a acumulação de gordura localizada, com recurso ao frio extremo, aplicado sobre os tecidos adiposos que o cliente queira eliminar. Trata-se de mais uma forma de aplicação da criogenia e de técnicas criogénicas à medicina, neste caso não à investigação mas à implementação de tratamento. A criolipólise tem vindo a ser aplicada no Reino Unido e começa a ser vista como uma alternativa aos tratamentos de lipoaspiração.

O conceito consiste em submeter as células em excesso a temperaturas muito baixas, com recurso a uma máquina que cria vácuo, aspirando o tecido adiposo que estiver em demasia, que depois é “gelado” pela própria máquina. O tecido em excesso acaba por morrer e é depois eliminado naturalmente pelo organismo. O tratamento não causa danos à pele, pois o tecido adiposo congela a uma temperatura superior; a máquina é regulada de modo a que a temperatura seja suficiente para atacar a gordura, mas não o suficiente para criar danos à pele. O tecido adiposo é eliminado depois de submetido a temperaturas entre -6º e -10ºC.

No Reino Unido, alguns críticos têm apontado que a falta de regulação desta novidade médica pode contribuir para situações indesejáveis. Casos de tratamentos de criolipólise aplicados por profissionais não qualificados para o efeito podem resultar em queimaduras, semelhantes às provocadas pelo frio. Um especialista citado pelo jornal Daily Mail, o Dr. Roberto Viel, questiona-se sobre os riscos que esta técnica pode comportar para o fígado e o sistema urinário, desaconselhando pessoas com problemas de fígado a recorrer a esta solução.

Contudo, as principais críticas têm surgido associadas às condições em que o tratamento é aplicado, e não ao tratamento em si. Se executado por um técnico qualificado, de forma correta, e na sequência de uma consulta médica que permita aferir se existe algum risco ou alguma contra-indicação que não recomende a utilização, a criolipólise pode obter resultados muito eficazes e com menores riscos que a lipoaspiração ou outras técnicas mais invasivas.