Como Funciona um Motor Criogénico?

main-qimg-47fd45216a98753424add7922ef51ed3

Como o próprio nome indica, um gás existe no estado gasoso. Mas em vários ramos da indústria e da ciência, os gases são utilizados em estado líquido, conhecido como estado criogénico. Esta mudança de estado é possível de obter submetendo o gás a temperaturas extremamente baixas, que podem chegar a mais de uma centena de graus centígrados abaixo de zero.

No caso dos motores criogénicos, focamo-nos essencialmente no hidrogénio, metano e gás natural. No estado líquido, estes são utilizados na exploração espacial e aeronáutica, pois possibilitam a acumulação de um enorme potencial energético em espaços de dimensões relativamente comportáveis e reduzidas.main-qimg-47fd45216a98753424add7922ef51ed3

Isto fica evidente quando observamos a descolagem do vaivém espacial Space Shuttle, em que os três grandes depósitos de combustível estão cheios de gases liquefeitos.

São estes depósitos que alimentam os potentes motores que permitiram a exploração espacial e a construção da Estação Espacial Internacional.

Para além das observações de caráter científico, da estação orbital conseguem-se imagens fantásticas como a de Las Vegas de noite publicada pela NASA.

A cidade dos casinos que nunca dorme e onde os apostadores por vezes nem se apercebem se é de noite ou de dia. Mas atualmente não é preciso sair de casa para passar uma noite a apostar em jogos de casino, pois o Jackpot City Online Casino permite-lhe jogar onde quer que esteja, desde que tenha acesso à internet.

A forma de funcionamento destes motores baseia-se na energia libertada pelo gás aquando da sua expansão e passagem do estado líquido o gasoso.

O gás em estado líquido ocupa um volume muito menor, podendo expandir-se várias centenas de vezes ao voltar ao estado gasoso, criando uma pressão tremenda, que gera o impulso necessário para deslocar equipamentos como os foguetões que levam o Space Shuttle ou um satélite para a órbita da Terra.